Comunidade vegana se une para promover segmento

Comunidade vegana se une para promover segmento

Em 2015 Curitiba ganhou o título de “cidade verde“, por ser uma das pioneiras em sustentabilidade, harmonizando a natureza e o urbano. E esse título não é somente graças à grande área verde da cidade, com 64,5 m² por habitante, mas também por ser conhecida como a capital brasileira da alimentação saudável.

Com mais de 11% da população se autoafirmando vegetariana ou vegana, não é surpresa Curitiba receber a primeira comunidade vegana do Brasil. Na Comunidade Vegana Boa Vista os moradores têm a experiência de viver em uma comunidade só de veganos, com animais resgatados da rua ou de situações de maus tratos, permacultura e bazar vegano. No período de finalização das obras, o local foi estudado e já preparado para receber canteiros de hortas que aproveitassem o espaço e a luz do sol. As caixas d’água também foram planejadas próximas aos telhados, para a captação de água da chuva, e composteiras para geração de adubo e destinação do lixo.

Leia tambémEmpreendedorismo: crescimento de veganos e vegetarianos em Curitiba.

Permacultura

As técnicas de permacultura são métodos para planejar, atualizar e manter ocupações humanas ambientalmente sustentáveissocialmente justas e financeiramente viáveis. Essas técnicas foram adotadas desde o princípio da comunidade, tanto na preparação do solo, quanto nas estruturas para maior aproveitamento de recursos. Exceto as caixas d’água e algumas poucas ferramentas, todos os demais materiais utilizados na construção eram reutilizados, sejam restos da própria obra ou materiais coletados diretamente nas ruas, como canos, tubos, pallets, latas, vasos e até mudas de plantas.

Energia Limpa

Além de utilizar a bicicleta como meio de transporte, a comunidade pensa sobre a geração de energia limpa e renovável. Como a comunidade está localizada no alto de um morro, onde incide muito vento, no projeto de energia está incluso o possível uso de energia eólica, além dos painéis solares.

Bazar Vegano

Uma vez ao mês é realizado o Bazar Vegano de Curitiba, um evento colaborativo que traz produtos locais, ONGs de proteção animal e outros coletivos. No evento, as pessoas descobrem o quanto de verde e de tecnologias permaculturais existem atrás dos muros da comunidade. Além de poderem adquirir alimentos mais saudáveis e produtos socialmente conscientes.

Divisão de tarefas

A princípio, as regras da comunidade se aplicam ao uso da composteira e tratamento de lixo. As demais tarefas são divididas conforme a disponibilidade dos moradores, geralmente em pequenas tarefas individuais. Quanto ao cultivo de uma nova cultura, é realizado um mutirão entre os membros, para arar o solo, semear ou transplantar as mudas.

Hoje, são apenas 3 casas individuais e seus custos são divididos entre os moradores das mesmas. Os demais custos e investimentos da comunidade são divididos entre todos os membros.

Alimentação

A alimentação da comunidade é baseada em tudo o que produzem, que é em pequena escala, como temperos, ervas medicinais e muitas PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais). E, claro, nada de origem animal.

A convivência em comunidade, o cooperativismo, o contato direto com a natureza, o resgate de técnicas ancestrais, o consumo de alimentos orgânicos, o estudo permacultural e as outras atividades realizadas na comunidade, são um constante aprendizado para os membros. A comunidade procura chegar ao futuro autossustentável, utilizando o mínimo possível de recursos do meio ambiente, mostrando que é possível e fácil ter esse estilo de vida.

Aqui na A Travessa também já recebemos alguns eventos voltados ao público vegano. Para celebrar o mês da consciência vegana, o grupo O Mundo Vegano realizou sua feira bimestral aqui na nossa galeria, no centro de Curitiba, no dia 19 de novembro. Celebramos o vegan day com muita música boa, ótimos papos, comidas deliciosas e muita informação sobre alimentação saudável e consciente.

Quer saber mais sobre estilos de vida saudáveis? Acompanhe nosso blog e nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo sobre A Travessa.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

50% Desconto

NO ALUGUEL DURANTE O 1º ANO

Fechar