3 Erros na hora de escolher um ponto comercial

3 Erros na hora de escolher um ponto comercial

Um dos fatores determinantes para o sucesso do negócio é ter um bom ponto comercial. A localização correta é fator fundamental para o bom desempenho das vendas, ainda mais no setor varejista. Por isso, na hora de escolher onde abrir o seu negócio é preciso pesquisar além da localização, qual será o modelo de operação, quem serão seus cliente e como a empresa se relacionará com os futuros vizinhos.

Porém alguns empreendedores ignoram a importância do ponto comercial e apostam somente no produto. Isso pode ser um perigo para a saúde da sua empresa. Segundo Marcuz Rizzo, diretor da Rizzo Franchise, empresa de consultoria de franquias, o empreendedor deve sempre buscar estar perto do seus consumidores. “A maioria dos clientes vem de uma distância máxima de três quilômetros do seu negócio. Antes de instalar, busque essa concentração”, comentou em entrevista a Exame. Vamos conferir os 3 principais erros na escolha do ponto comercial.

Adaptar o negócio ao ponto comercial

Um dos maiores erros cometidos por empreendedores é o de adaptar o negócio a um ponto comercial. Deve ser ao contrário. Rizzo afirma: “Você está mudando seu conhecimento diante de um ponto, uma oportunidade. Eu não acredito em oportunidade, acredito em situações em que o ponto está adequado para o seu negócio”.

Para evitar outros problemas com o local escolhido, verifique se o ponto atende às especificações do seu projeto, em termos de área adequada, proximidade com o mercado consumidor e fornecedores. Solicite também a busca prévia de localização junto à prefeitura, a fim de verificar possíveis impedimentos em relação à montagem do negócio, tendo em vista o plano diretor urbano do município, para o caso de empreendimentos de rua. São as dicas do Sebrae, apoiador dos micro e pequenos negócios no país.

Ter poucos contatos na hora de procurar um ponto comercial

Um ponto bom não fica muito tempo desocupado. Então é preciso ter o contato com o maior número de pessoas que possam recomendar bons pontos comerciais, para que seja feita uma avaliação rápida. Não se precipite no primeiro que encontrar, mas quando encontrar um que se encaixe com suas necessidades e valores, não perca tempo, seja rápido para fechar a negociação.

Não planejar o modo com que os clientes chegam ao local

Antes de definir seu ponto é preciso ter um conceito simples na cabeça: ele é de passagem ou de destino? Se o seu público é atraído pela fachada é um ponto de passagem. Agora, se os clientes precisarão se deslocar e estão dispostos a isso, como em um cabeleireiro ou restaurante, por exemplo, o seu negócio é de destino. Nenhuma das duas formas é ruim, é preciso apenas ter a ciência disso para procurar o melhor ponto.

Um negócio de passagem depende de um alto fluxo de pessoas, por isso é necessário uma boa visibilidade e tentar aproximar a venda da porta para captar os clientes. Já no negócio de destino, é preciso de atrativos extras, como estacionamento.  

> Conheça agora o ponto comercial perfeito para o seu negócio <

Quer saber mais sobre investimentos comerciais? Acompanhe nosso blog e nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo sobre A Travessa.

Deixe uma mensagem

Seu endereço de e-mail não será publicado.

50% Desconto

NO ALUGUEL DURANTE O 1º ANO

Fechar